COMPLETANDO O CIRCUITO DO RING OF KERRY

14 de setembro de 2018

Estávamos numa jornada pelo sudoeste da Irlanda. Seguimos o Anel de Kerry e fizemos uma parada na cidadezinha de Portmagee, que fica literalmente na extremidade do Anel de Kerry, na ponta da Península de Iveragh e é a porta de entrada para a Valentia Island. Existe aí, uma ponte que liga Portmagee à ilha.

Detalhe de Portmagee

Decidimos atravessar a Maurice O’Neill Memorial Bridge, a ponte que liga a ponta da península à Valentia Island, um recanto charmoso na costa da Irlanda.

A Maurice O’Neill Memorial Bridge

Casinhas e barcos de pesca coloridos, além de falésias e um belo mar azul, completam as atrações da Vanentia Island.

Portmagee

O farol de Valentia Island

Voltamos para Portmagee e pegamos uma estradinha montanhosa que atravessa a península até a localidade de Waterville. Portmagee é o ponto de partida para os barcos de turismo que visitam a Skellig Michael, uma ilha distante da costa onde existe um mosteiro do século VI.

A vista do Skellig Michael

Não tínhamos tempo suficiente e nos contentamos com as vistas da ilha dos diversos mirantes que existem ao longo da costa do Skellig Ring, um pequeno desvio do Ring Of Kerry.

Paisagem do Skellig Ring

Passamos pela localidade de Balling Skellig. Como não estávamos ainda tão adaptados à direção com a “mão inglesa”, decidimos seguir atrás de um motor home que circulava bem devagar. Era a nossa proteção.

Ring of Kerry

Chegamos a Waterville, uma pequena cidade litorânea, com casinhas coloridas que se tornou famosa por ter sido escolhida por Charles Chaplin para passar as suas férias durante muitos anos. Hoje existe na cidade uma estátua de Chaplin onde os turistas adoram fazer fotografias.

Charles Chaplin em Waterville

A estrada que liga Waterville a Caherdaniel sobe pela encosta de Beenarourke e lá de cima existem algumas das vistas mais bonitas do Ring Of Kerry. Caherdaniel é o local onde morou Daniel O’Conell, o Libertador, herói as lutas pela independência da Irlanda.

Paisagem do Skellig Ring

Seguimos adiante até Kenmare, a última cidade desse trajeto que fizemos no Ring of Kerry e já fica bem pertinho de Kilarney. Kenmare é uma bela cidadezinha com várias lojas de artesanato, galerias de arte, cafés, lanchonetes, bares e restaurantes.

Kenmare

De Kenmare para Kilarney, cruzamos o Parque Nacional de Kilarney, com muitos mirantes de onde se pode obter boas fotos do Parque Nacional, que é considerada uma Reserva da Biosfera, pela UNESCO.

Paisagem do Parque Nacional de Kilarney

No alto do Parque aparecem os lagos: Lower Lake, Midle Lake e Upper Lake, que podem ser observados de cima e formam uma bela paisagem.

Paisagem do Parque Nacional de Kilarney

Ainda fizemos uma parada para visitar a Cachoeira Torc. Existe uma pequena trilha que leva até a base da cachoeira. Chegamos à noite em Kilarney, fomos circular pela Main Street e começamos a nos despedir da cidade.

A Cachoeira Torc

Leia mais em: https://umpouquinhodecadalugar.com/2018/11/24/13547/

 

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Eire, Irlanda e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s